Contratação de planos de saúde desacelera em 2014

Segs Notícias - 15/01/2015

Seguindo o desempenho de outros setores do mercado segurador, as contratações de planos de saúde médico-hospitalares apresentaram sinais de desaceleração no ano passado. O boletim “Saúde Suplementar em Números”, realizado pelo Instituto de Estudos de Sade Suplementar (IESS), mostra que o crescimento do ramo em 2014 ficou abaixo dos anos anteriores.

Entre setembro do ano passado e o mesmo mês de 2013 a aquisição destes planos de saúde cresceu 2,8%, um acréscimo de 1,4 milhão de novos beneficiários. O estudo ainda mostra que, comparando 2010 a 2014, a taxa de expansão em 12 meses do total de beneficiários recuou de 5,9% em 2010 para 2,8% no ano passado.
 
Para o superintendente-executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro, se a economia melhorar, o mercado de planos de saúde acompanhará o crescimento. “Embora as contratações dos planos registrem crescimento superior ao PIB, observa-se uma desaceleração consideravelmente acentuada entre o terceiro trimestre de 2010 e o mesmo período de 2014. Esse é um indicativo importante de queda de ritmo”, analisa.
 
Os planos coletivos empresariais seguem a tendência de retração. É assim que no terceiro trimestre de 2010, o ramo cresceu 11,1% comparado ao mesmo período do ano anterior. Já no terceiro trimestre do ano passado, a alta foi de 3,8%.
 
Em contrapartida, a aquisição de convênios médicos pela população acima dos 59 anos tem avançado, de modo que, na comparação entre o terceiro trimestre de 2014 e o mesmo período do ano anterior, o total de beneficiários nessa faixa etária cresceu 4,6%.