Pesquisa inédita investiga hábitos e comportamentos de pacientes que agendam consultas pela internet

R7 Notícias - 01/07/2014

Com o objetivo de investigar os hábitos e comportamentos de pacientes que participam do sistema privado de saúde no país quando agendam consultas de saúde pela internet, o site boaconsulta.com, maior plataforma de agendamento online no Brasil, acaba de lançar a 1a Edição da Pesquisa Hábitos e Comportamentos Boaconsulta.com. A alta disponibilidade online garante que mais de 90% dos agendamentos de consultas ocorra dentro dos períodos de exigência da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS (Resolução Normativa 259).

Entre outras aferições, o estudo mostra que 62% das consultas agendadas pela internet são feitas com as especialidades básicas (Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, e Odontologia) e com antecedência média de aproximadamente 3 dias para a consulta, apontando que o agendamento online pode ser um importante aliado ao bom funcionamento do sistema de saúde orientado à atenção primária, como preconizado pela Organização Mundial de Saúde e regulamentado pela ANS.

A pesquisa Hábitos e Comportamentos Boaconsulta.com tomou como base o perfil de 14.627 usuários do site, de ambos os sexos e diferentes classes socioeconômicas, residentes na capital Paulista. Ao todo, o estudo avaliou 23.250 consultas realizadas com 1.311 profissionais no ano de 2013.

“Para nós é extremamente relevante perceber que o agendamento pela internet tem um papel social e vem contribuindo significativamente com a saúde da população brasileira, ao mesmo tempo em que vem ao encontro das exigências da ANS”, explica Adriano Fontana, co-CEO e fundador do boaconsulta.com.

Um dos objetivos da pesquisa foi avaliar o comportamento dos usuários quando agendam suas consultas pela internet nos quesitos especialidade da consulta e plano de saúde vs. particular, dia e horário do agendamento, dia e horário da consulta, antecedência do agendamento para a consulta e tempo médio para o agendamento.


Especialidade da consulta e Plano de Saúde vs. Particular

No quesito especialidade da consulta, a pesquisa apontou que 62% das consultas agendadas pela internet são realizadas com as especialidades básicas (Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, e Odontologia). “Esse dado reforça que o agendamento online pode ser um importante aliado ao bom funcionamento do sistema de saúde orientado à atenção primária, como preconizado pela Organização Mundial de Saúde e regulamentado pela ANS por meio da RN 259” explica Adriano.

A Pesquisa Hábitos e Comportamentos Boaconsulta.com revelou que aproximadamente 80% das consultas agendadas pela internet ocorre por plano de saúde. Este é um importante indicador quanto ao crescimento recente da quantidade de pessoas com acesso à rede privada de saúde no país. Segundo dados da ANS, entre 2003 e 2014, este número cresceu de 36 milhões para 69 milhões.

Perfil Geral:

• 62% especialidades básicas - Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, e Odontologia;
• 38% com demais especialidades.
• 79% plano de saúde;
• 21% particular.


Antecedência do Agendamento e Tempo Médio para o Agendamento

Outros fatores que merecem destaque são a antecedência e o tempo gasto para a conclusão do agendamento. Uma vez que no sistema convencional de agendamento, a demora na marcação de consultas representa quase 60% das reclamações de usuários de planos de saúde em São Paulo, segundo dados do Conselho Federal de Medicina (CFM), a alta disponibilidade online despontou na pesquisa como grande aliado dos pacientes e convênios de saúde, garantindo que mais de 90% dos agendamentos de consultas ocorra dentro dos períodos de exigência da ANS - RN259. De fato, 49% deles ocorre dentro do período de três dias para a consulta.

No quesito tempo médio para o agendamento, no sistema online o tempo médio para o usuário agendar uma consulta pela internet em 2013 foi de apenas 15 minutos.

Perfil Geral:

• 49% com antecedência de até 3 dias;
• 27% com antecedência de 3 a 7 dias;
• 16% das consultas são agendadas com antecedência de 7 a 14 dias;
• 8% acima de 14 dias;
• Tempo médio de agendamento de 15 minutos.


Dia e horário do agendamento

Com relação ao quesito dia do agendamento, a Pesquisa Hábitos e Comportamentos Boaconsulta.com revelou que as pessoas costumam programar suas consultas às segundas e terças-feiras, dias com maior quantidade de agendamentos. Quartas, quintas e sextas-feiras aparecem como dias de ‘execução’ do planejamento semanal. Sábados e domingos são dias com menor atividade (dias de descanso / entretenimento).

Com relação ao horário de agendamento, apesar de quase metade ocorrer entre 12h e 18h, vale ressaltar que aproximadamente 30% dos agendamentos ocorre fora do horário comercial, sendo que a maioria desses acontece à noite.

Perfil Geral:

• 24% dos agendamentos às segundas-feiras;
• 21% às terças;
• 18% às quartas;
• 16% às quintas;
• 12% às sextas;
• 9% aos finais de semana;
• 46% dos agendamentos ocorre entre 12h e 18h;
• 30% entre 6h e 12h;
• 21% entre 18h e 23h59;
• 3% entre 0h01 e 6h.


Dia e horário da consulta

O Boaconsulta.com revela que, embora haja uma concentração dos agendamentos no início da semana, o mesmo não ocorre em relação aos dias das consultas, que são distribuídas uniformemente entre os dias da semana útil, com leve queda às sextas-feiras. Com relação ao horário da consulta, os períodos mais intensos são manhã e tarde.

Perfil Geral:

• 19% das consultas ocorre às segundas-feiras;
• 19% às terças;
• 19% às quartas;
• 18% às quintas;
• 17% às sextas;
• 8% aos finais de semana;
• 50% dos consultas ocorre entre 12h e 18h;
• 42% entre 6h e 12h;
• 8% entre 18h e 23h59.