Saúde privada teve a maior alta de usuários em três anos em 2013

Folha de S. Paulo - 09/06/2014

A evolução no número de beneficiários de planos de saúde em 2013 foi a maior dos últimos três anos, segundo dados da FenaSaúde (entidade que representa o setor).

O total de clientes dos planos médico-hospitalares avançou 4,6%. Em 2012 e 2011, a alta havia sido de 3,6% e 2,9%, respectivamente.

Entre as empresas associadas da federação, que reúne as maiores do setor, o aumento em 2013 foi ainda maior, de 8,6%, segundo a instituição.

"Apesar de sinais de arrefecimento de outras áreas e de um PIB menor, isso não se refletiu na saúde suplementar", afirma Marcio Serôa de Araujo Coriolano, presidente da entidade.

Uma das principais razões foi o aumento da participação de pequenas e médias empresas entre as compradoras de planos, de acordo com o executivo, que também preside a Bradesco Saúde.

Outro fator é que o setor ainda se beneficia de pessoas que entraram no mercado de trabalho em anos anteriores, na avaliação de Coriolano.

"É comum que exista um lapso de tempo entre o ganho da renda e o investimento em um plano de saúde", afirma.

Nos planos odontológicos, o aumento em 2013 foi de 8,8%. "Esse mercado chegou a crescer a taxas de 20%. Como a base cresceu, o percentual se desacelerou, mas ainda é muito significativo."