Grupo técnico debate o monitoramento da garantia de atendimento

ANS - 28/01/2014

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realizou a segunda reunião do Grupo Técnico Permanente de Estudos da Metodologia do Monitoramento da Garantia de Atendimento, nesta segunda-feira (27/01), no Rio de Janeiro. O encontro reuniu técnicos da Agência, representantes do mercado de saúde suplementar e órgãos de defesa do consumidor.

Na reunião, aberta pelo diretor de Fiscalização da ANS, Bruno Sobral, as operadoras de planos de saúde apresentaram proposta de ajustes no modelo do monitoramento. As sugestões ainda serão analisadas pela ANS e pelos órgãos de defesa do consumidor.

“A discussão foi muito importante, pois trouxe ponderações dos atores desse mercado, o que certamente vai subsidiar a melhoria contínua do monitoramento de garantia de atendimento e, assim, contribuir na busca do equilíbrio das relações entre beneficiários e operadoras”, pondera a diretora adjunta de Fiscalização da ANS, Lenise Secchin.

O objetivo do Grupo Técnico é favorecer a troca de informações entre a ANS e a sociedade sobre a metodologia do monitoramento. O programa apresenta ciclos trimestrais. Nele, as operadoras são avaliadas, entre outros fatores, pelas reclamações assistenciais recebidas na Agência. Os planos de saúde com maior número de demandas têm sua comercialização suspensa até o ciclo seguinte, quando a rede assistencial da operadora é novamente avaliada. Atualmente, 150 planos de 41 operadoras estão com a comercialização suspensos.