Planos empresariais devem subir 20% em média

Saúde Web - 05/07/2013

Os reajustes médios propostos pelas operadoras às empresas que oferecem planos de saúde aos funcionários chegam a 20%, maior média dos últimos cinco anos. Segundo a ANS, o aumento se deve à alta dos custos médico-hospitalares, que alcançou de 91,4% nos últimos cinco anos.

Alavancaram os reajuste dos planos de saúde, segundo as operadoras, os gastos com internações, honorários médicos, exames e outros procedimentos. A variação dessas despesas em 2013 chegou a 15,45% (enquanto em 2012 foi de 13%).

A Bradesco negocia reajustes entre 13,29% (próximo da chamada inflação médica) e 20% junto aos clientes. Na Intermédica, o percentual é de 26,75%. Na SulAmérica fica em torno de 16%.

* com informações do jornal Valor Econômico